Energia eólica

Projeto de P&D da Alsol e Aliança Energia conta com energia eólica

O novo Programa de Pesquisa e Desenvolvimento da Aneel, em parceria com Alsol e Aliança Energia, entrou em operação em dezembro de 2017 e conta com energia eólica. O projeto UFV Flor de Mandacaru, tem mais de 3 mil módulos fotovoltaicos de 325Wp (cada um) instalados no Complexo Eólico Santo Inácio, no Ceará.

O projeto engloba estudos para testar a eficiência e o comportamento das usinas fotovoltaicas com os efeitos do sombreamento de um parque eólico.

O chamado binário eólico-solar faz o aproveitamento dos parques já existentes de energia eólica para realizar a instalação de placas solares, resultando num menor impacto na região. Confira mais detalhes abaixo.

O projeto: hibridização das usinas de energia eólica e solar

O projeto regulado sob o Programa de Pesquisa e Desenvolvimento da Aneel- Agência Nacional de Energia Elétrica é uma proposta feita pela Aliança Energia com a execução da Alsol. Ele possui um custo estimado em cerca de 20 milhões. Batizado com o nome Flor de Mandacaru, a usina fotovoltaica (UFV) foi instalada em 2017 no Complexo Eólico Santo Inácio, em Icapuí, no Ceará.

A implantação tem capacidade de 1 MWp e é composta por mais de 3 mil módulos fotovoltaicos (325 Wp cada). O estudo envolve possíveis impactos do sombreamento na geração de energia, que afeta diretamente o potencial de geração de híbridos eólicos-fotovoltaicos no Brasil.

O projeto será conectado ao mesmo transformador da Subestação da EOL Santo Inácio para avaliação da complementaridade de geração entre as duas fontes de energia. Ele é composto por 4 centrais eólicas, 47 aerogeradores instalados em torres de 120m de altura.

O objetivo da hibridização é otimizar o espaço já utilizado e aumentar capacidade de produção energética. Ela faz o aproveitamento dos parques eólicos já existentes e já licenciados para realizar a instalação de placas solares, resultando num menor impacto ambiental e social na região.
Esse é um dos projetos da Aliança Energia que estão em andamento.

O segundo projeto já em funcionamento, é a proposta da Usina Solar Flutuante (UFV) com tecnologia 100% nacional, que testa a combinação de geração solar com uma hidrelétrica e visa aumentar a eficiência das instalações. Foram instaladas 300 placas fotovoltaicas, em uma área com cerca de 1.000m². 

Programas sociais e de capacitação

Além de toda estrutura para otimizar a capacidade e geração de energia, os projetos propostos pela Aliança Energia e executados pela Alsol, incluíram também, um pacote de ações sociais que capacitou mais de 120 pessoas, nas regiões leste de Minas Gerais e norte do Ceará. 

O P&D também busca oportunidades de projetos para ampliar o conhecimento sobre novas tecnologias e outras formas de geração de energia elétrica no país.

Conheça a Alsol

Um empresa do Grupo Energisa, a Alsol é pioneira no país em sistemas fotovoltaicos e armazenamento de energia. Além disso, é especialista em geração distribuída de energia limpa, utilizando diversas fontes renováveis, sempre a favor do meio ambiente.

Com 560 projetos em funcionamento, a empresa conta com cerca de 43MWp de sistemas fotovoltaicos em operação e 21MWp em implementação e 2,0MW de biogás. Além de contar com monitoramento e projeto de mobilidade elétrica.

Continue acompanhando conteúdos com este no blog da Alsol, e saiba tudo sobre energia solar e muito mais.