Homem analisando a economia empresarial

Economia empresarial: 16 dicas para não entrar em um cenário caótico – Parte 2

Antes de tudo, no primeiro artigo, mencionamos algumas dicas de economia empresarial que você talvez pode até ter colocado em prática na sua empresa. 

Agora, vamos aprofundar em detalhes que podem passar despercebidos. Talvez você nem considere um fator determinante para poupar dinheiro, mas pode trazer rentabilidade de uma forma mais indireta. 

Te mostraremos que vale a pena apostar no contrário. Desse modo, provar que a economia empresarial nada mais é do que a sua empresa funcionando redondo!

E se você ainda não leu a primeira parte deste artigo, confira aqui.

Mas, voltando às nossas dicas…

9. Automatização é sinônimo de corte de gastos: envolva sua equipe no processo

Aqui queremos mostrar que, na maioria das vezes, os integrantes da sua equipe têm ideias excelentes para te ajudar a eliminar custos.

Então, nessa hora pode ser difícil de aceitar. 

Contudo, a visão dos seus funcionários quanto ao seu negócio pode apresentar particularidades que você talvez ainda não tenha identificado.

Bem como, alguns mimos que você tenha e talvez seja a hora de deixar de lado.

Além do mais, integrá-los aos processos de uma forma mais conjunta, como se fossem seus próprios sócios, é uma boa forma de automatizar processos.

O quanto antes sua equipe depender menos de você para tomar decisões importantes e gerenciar processos, melhor.

10. Transforme salários fixos em variáveis

Crie metas de produtividade e bonifique seus funcionários se eles as atingirem.

Além de manter o foco e a motivação da sua equipe, essa é uma maneira de alavancar vendas e resultados. 

É a velha história do ganha-ganha!

11. Capacite sua equipe

Distribua prêmios, faça ações internas e deixe que seus funcionários conquistem novos ganhos para você.

Aqui vale um adendo para as ações com fornecedores:

Se você ganha 10% das vendas e divide 3% com seus funcionários, você ainda estará no lucro.

Equipe discutindo economia empresarial em reunião

12. Invista em ações de marketing de baixo custo

A ideia aqui é você mesmo tirar do seu próprio bolso para promover o seu negócio.

E cá entre nós, pode até parecer inviável ou um custo sem retorno. 

Mas acredite! Hoje, com o avanço da era digital, sua empresa pode conquistar não só novos clientes, como liderar o mercado simplesmente por ter relevância na internet.

13. Diminua os erros de processo, retrabalho sempre é custo!

Comunicação e treinamento nunca são demais. 

Para reduzir custos e otimizar o seu fluxo de trabalho, assim como a organização da sua empresa, este é o primeiro passo para evitar o retrabalho.

Obviamente que as reclamações de clientes e fornecedores devem sempre ser levadas em consideração e atendidas. Mas corrigir o mal pela raiz e evitá-las é a maneira mais eficaz de lidar com este tipo de prejuízo. Tanto na alteração de processos, quanto em materiais.

14. Padronize

Por falar em processos e materiais, investir em máquinas e equipamentos são uma ótima maneira de fazer economia para a sua empresa.

Ou seja, tecnologia sempre gera redução de custos.

15. Lembre-se dos pequenos gastos

Se você tem algum receio quanto às tecnologias atuais, a digitalização de documentos não é nenhum bicho de sete cabeças.

É possível acessar todas as informações com poucos cliques no computador, ou até melhor, diretamente no seu celular.

Isso sem falar na segurança, já que tudo fica mais protegido na nuvem.

Então minimize os gastos com impressão, folhas de papel, tintas para impressão e até mesmo as manutenções constantes na impressora.

Eles podem passar despercebidos, mas sua soma gera um montante alto no final do mês.

Balanço de dados em reunião com equipe sobre economia empresarial

16. Otimize gastos com energia elétrica

E, por fim, a dica que talvez faça o maior impacto na sua economia empresarial: 

Invista em tecnologia para reduzir a sua conta de energia!

Você pode até dizer que não tem como investir agora em placas solares. Mas e se eu te disser que hoje existe a possibilidade de ter essa mesma tecnologia na sua empresa, sem investimento algum?

Não é preciso instalações, obras, ou seja, não tem placa solar!

Sabe por quê?

Todas elas estão instaladas em uma fazenda solar. Assim, a energia que é gerada, é enviada para a própria concessionária de energia da sua região.

Dessa forma, sua empresa não só consegue uma economia de até 22% ao mês, direto na fatura, como também não precisa fazer nenhum investimento. 

Comece a economizar agora. Clique aqui e saiba mais!

Obrigado por ter lido o nosso conteúdo até aqui. Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>